sexta-feira, 4 de julho de 2008

Viva la Quinta Brigada


Muitos povos celtas como os Irlandeses estiveram em Espanha na 5ª Brigada durante a Guerra Civil ..aqui a minha canção preferida pela voz trovadoresca do Irlandês...Christy Moore

NOTA:Brigadas Internacionais, conjunto de unidades militares compostas por voluntários estrangeiros que durante a Guerra Civil Espanhola lutaram do lado da República.
Combateram em Espanha mais de 40 mil Brigadistas, o maior contigente veio da França e da Alemanha, mas vieram voluntários de todas as partes do mundo, entre os quais portugueses e brasileiros.
As Brigadas perderam cerca de 10.000 voluntários em combate.
Em 26 de Janeiro de 1996 as Cortes concederam a todos os brigadistas ainda vivos a cidadania espanhola, cumprindo uma promessa feita pela República mais de 60 anos antes.

8 comentários:

joao veiga disse...

Todas as guerras são quilhadas. As mais quilhadas de todas são as civis, andamos aos tiros com os nossos vizinhos.
De todas as civis, a mais quilhada de todas foi a espanhola. Durou até 1976.
Em 75 ainda foram dois bascos condenados ao garrote, que o Franco, misericordioso, comutou para o pelotão de fuzilamento.

Marieke disse...

Tens toda a razão...eu tinha dois avós que por causa dela ..um foi parar a Santiago do chile..e outro a Lisboa....assim ficou desde 1936 uma família dividida entre dois continentes...Daí o meu Ponto de encontro entre ..Ilhavo...Ponteareas...e Santiago do chile....qualquer dia também irei dedicar neste blog...um tempo a Santiago..porque lá também...choveu

Homesdepedra disse...

Cando dunha se trata , ambos bandos sofren.
Pero nunha guerra civil , ambos bandos enfronta a irmans contra irmas . da igual quen gañe a guerra ou quen a perda , o final todos son perdedores e perxudicados.


Este Blog , Marieke, dou un salto a o fronte moi cualitativo nestas ultimas semanas .

Parabens

Marieke disse...

Obrigada homes de predra..vindo de ti é um elogio importante..

CELTA MORGANA disse...

Não percebo !
Esta dos povos celta, é para mim ?

Anónimo disse...

Navego nas águas do Homesdepedra. A qualidade deste blog está como a cotação do "pitrol" nas bolsas - sempre a subir.

Admiro a forma como Espanha e os espanhóis têm lidado com a "herança" do terrível acontecimento que foi a Guerra Civil 1936-39. E todos sabemos quem foram os responsáveis por essa catástrofe que se abateu sobre os nossos irmãos vizinhos. Mesmo aqueles -felizmente poucos- que ainda os defendem.

Mas façamos como "nuestros hermanos" e olhemos para o futuro de uma nova Espanha, que os separatismos parecem querer ameaçar. Que os seus mentores -que se baseiam em razões sem qualquer razão- tenham juízo pois só uma Espanha una será um grande PAÍS.

Parabéns Marieke. Abordar este tema, a propósito da sua diáspora familiar, mesmo passados 60 anos e apesar de tudo, ainda é "obra"!

E Viva a Família da Marieke!!!

Marieke disse...

Obrigada pela visita anónimo...foram realmente acontecimentos de há 60 anos ..mas que ainda hoje deixou estigmas em mim..daí a saudade..a morriña como dizem os galegos..da família de lugares..tão perto como a Galiza..e tão distantes como o Chile

Anónimo disse...

http://youtu.be/yO1rVXEGEa8

esta versão é a minha preferida