sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Remo- Descida da Ria


A XXIII edição da Descida da Ria de Aveiro realiza-se este domingo, 18 de Janeiro, às 12:00h no Canal de Mira, em Ílhavo, um teste para o Campeonato Nacional de Fundo, um duelo Ibérico no fim-de-semana seguinte, a 25 de Janeiro.A aferição dos resultados será feita pela Federação Portuguesa de Remo e pela Associação de Remo da Beira Litoral.Participam na prova organizada pelo clube dos Galitos, os espanhóis do Náutico de Vigo que têm três vitórias na prova e o Club de Remo Del Minho que recentemente venceu a Regata de Natal no Douro. Estão em disputa os Troféus Pista Olímpica Rio Novo do Príncipe e Cidade de Aveiro, respectivamente para as regatas de Shell de Oito Masculino e Quadriscull Feminino, réplicas das embarcações envolvidas, feitas em madeira e prata, que serão entregues às equipas que vencerem três vezes consecutivas ou cinco alternadas.No Shell de Oito, o Real Club Náutico de Vigo é o clube com mais vitórias alcançadas (três), seguido do Sporting Clube Caminhense (duas) e do Clube dos Galitos com uma vitória. A descida acontece depois da «surpresa da vitória alcançada pelo Remo Del Minho na Regata do Natal, da luta oferecida pelo Clube dos Galitos à prestigiada equipa inglesa da Universidade de Oxford no passado fim de semana em Avis, contando ainda com a presença do Caminhense, actuais campeões nacionais e do Naútico de Vigo que pretende a breve prazo conquistar o troféu em disputa, prevê-se um luta muito renhida até aos últimos metros de prova».

NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA:
As equipas do Caminhense, em shell 8+ Masculino, e do Fluvial em 4x Feminino venceram a XXIII edição a Descida da Ria. O dia saiu ao contrário e além da chuva, frio e nevoeiro, ainda houve lugar a vários precalços para algumas equipas.
As equipas femininas, em 4x, foram as primeiras a largar. A equipa do Porto, Real Clube Fluvial Portuense, levou a melhor e venceu as equipas do Caminhense (2º) e do Infante (3º).
Na prova de 8+ masculino a segunda manga teve ser dividida em duas. Devido a um atraso de 1 hora na largada da prova, os organizadores decidiram dividir a prova em duas mangas, pois a maré já se encontrava muito baixa e o canal muito estreito. Mesmo com esta medida de precaução, a equipa do Fluvial perdeu o patilhão na areia e o Galitos encalhou. As condições não estiveram faceis, comprovando-se pelas dificuldades que a equipa da casa teve.
O Caminhense acabou por vencer a prova de 8+ Masculino, logo seguido do Infante, perspectivando uma prova interessante para o Campeonato Nacional de Fundo no próximo fim de semana. Em 3º lugar ficou a equipa do Miño, seguido do Fluvial(4º) e do Vigo(5º).

4 comentários:

O´Fartura disse...

Obrigado pola información.
Estarei pendente da regata,... e que gañe o mellor.

Unha aperta mariñeira.

joao madail veiga disse...

Pois eu organizei três edições da Descida da Ria, logo no ínicio, ainda entre a Praia da Torreira e São Jacinto.
Juntavamos quinhentos e dois carros naquela Marginal magnifica do Norte da nossa Ria (era o carro da organização, o da federação e mais, para aí, uns quinhentos carros).
Grandes jantares de confraternização se faziam na Descida da Ria daqueles tempos...

Nilson Barcelli disse...

Vim aqui por causa de te referires a mim num comentário no blogue do rouxinol.
Gostei do teu blogue, é muito variado e aborda muitos temas interessantes.
Do remo só tenho interesse como expectador, pois nunca pratiquei, mas gosto de ver.
Bom fim-de-semana.

rouxinol de Bernardim disse...

O remo é uma actividade cheia de vitalidade. Gosto bem de remar contra a maré... mas por vezes satura!... e há tanta incompreensão!