segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

A minha outra Terra


Falei em posts anteriores no privilégio que é morar em Ilhavo...não posso no entanto e daí a razão de lhe dedicar as fotos de hoje à minha outra terra..a terra onde nasci..onde vivi a minha meninice...fica do outro lado do Rio Miño...pertence à região autónoma da Galiza------PONTEAREAS...além de outras coisas Ponteareas e muito visitada e conhecida em toda a Espanha pelas suas festas de Corpus Christi...onde em parceria com gentes das terras de Teide em Tenerife fazem as mais lindas ruas de flores naturais que conheço...tendo sido várias vezes os Ponteareanos convidados a ornamentar a Praça de S. Pedro em Roma..seguem-se as fotos...

5 comentários:

Anónimo disse...

Adorei o post da nossa 2ª terra que saudades......Carmen

Vasco Moscoso de Aragão disse...

Ahhh Puntareas e as sus praças floridas, os tringlinrintintins e as suas empanadilhas folhadas, o riancheiro e sus bucadilhititos com alvarinho fresquinho, o Tea e sus aguas geladitas, o cozido galego e carvalhadas de MariCarmen, o licor de erbas da Esperança, que como toda a gente sabe é a ultima a morrer, as termas de Mondariz e.... a proximidade de Baiona e do Mar Y Arte e sus Gordonzitos.

Anónimo disse...

Ponteareas,onde já passei a festa dos REis... onde o meu saudoso Amigo e Grande Poeta Galego PACO RODESCA se casou com a Rosa e teve duas filhas ,a Olalla e a Laura...Ponteareas terra de gente boa...
Major Piloto Aviador

JCC disse...

Já que desconfiava que eras espanhola! Agora sim. Assumes e eu compreendo a dificuldade de expressão e a opção profissional(especialização).Gande Maria!!!
Continua....eu cá vou lendo e contente por te saber BEM VIVA.

Marieke disse...

Obrigada...ou não? O teu blog eu já conhecia há muito... é muito bom...tem de se ter "geito" e humor para a escrita..eu aqui neste vou pondo só uma "coisas" das minhas terras das minhas gentes e promover encontros para falarmos sobre sitios e gentes do Mundo..somos um grupos de blogers engraçados com algo em comum..mar....tiveram uma iniciativa luso galega literária interessante ...se houver outra eu digo-te.
Um abraço